Dicas de look

A cinta liga e sua importância para as mulheres

A peça sensual carrega história e transcende poder e liberdade feminina

O que é cinta liga

A cinta liga é um item ousado, que faz parte da lingerie feminina há muitos anos e serve para ser presa às meias ⅞, que terminam no meio das coxas. A cinta geralmente é feita de renda ou tule, nos mais diversos detalhes e cores, e pode ser usada na altura da cintura ou das ancas. As ligas são as tiras que ligam – e prendem – a cinta às meias e exalam poder e sensualidade.

Modelos de cinta liga
Reprodução/ Pinterest

Existe o modelo mais tradicional, com quatro ligas, e o com seis ligas, que proporciona mais sustentação à silhueta.

A história

Não se sabe exatamente quem inventou a cinta liga, mas foi popularizada em meados da revolucionária década de 1920 para segurar as meias ⅞ das dançarinas de Charleston, já que na época não existia o nylon nem a lycra. Inclusive foram estas jovens que começaram a exibir a cinta liga por baixo das saias, enquanto faziam seus movimentos dançantes, ao som das jazz bands.

Nascimento cinta liga
Reprodução/ Pinterest

Até o início do século XX, as mulheres utilizavam as “roupas de baixo” para remodelar seus corpos e atender aos rigorosos padrões da época, que muitas vezes eram prejudiciais aos órgãos internos, a fim de atingir uma estética aceitável para a sociedade. E mais do que pronunciar sensualidade, a cinta liga carrega uma história de mudança e emancipação na vida das mulheres.

O abandono de espartilhos, corpetes e anquinhas rigidamente estruturadas, conta um pouco sobre a história da gradativa conquista da liberdade feminina ao longo dos anos, através da lingerie.

Hoje em dia

Precisamos entender que o que nos veste não são apenas pedaços de tecidos costurados, mas sim, reflexo da nossa sociedade, cultura e pensamentos dominantes da época. É uma troca: as roupas refletem uma tendência comportamental e as tendências comportamentais inspiram a criação e usabilidade de peças.

Como usar cinta liga

A cinta liga já não é mais usada por imposição ou falta de opção, mas sim por liberdade de escolha, estilo ou fetiche. O item ganhou símbolo de erotismo em nossa sociedade – mas sentir-se sensual não envolve necessariamente estar atraente para o outro, é mais uma questão de autoconfiança e do sentimento de estar segura na pele que habita, desta forma, conseguimos transcender tudo o que somos internamente – e isso é maravilhoso.

Como usar cinta liga

Após sabermos a história da cinta liga, chegou a hora de incorporá-la em visuais que ela aparece ou fica apenas debaixo das roupas. Independente disso, o item é opção certeira para conquistar um visual extremamente empoderado, que exala autoconfiança.

No dia a dia

A cinta liga é um acessório ousado e delicado, a mulher que a veste se sente extremamente empoderada: lembre-se sempre disso na hora de escolhê-la. É possível usá-la debaixo das roupas para trazer sustentação à silhueta. Os modelos em tule são super confortáveis e podem ser incorporados no dia a dia, inclusive no trabalho.

O acessório recebe função utilitária quando usado para segurar blusas ou camisas por baixo de calças, shorts e saias. Opte pelos tons de nude para uma composição mais despojada – mesmo que por debaixo das roupas.

A cinta liga pode, também, ficar à mostra quando combinada com vestidos, alcançando o mood rocker ou sexy, dependendendo do modelo da peça e da composição como um todo. A cor preta é tradicional e neutra, combinando com várias outras roupas.

As botas pretas em couro e detalhes em metal complementam o visual rock n’ roll e ajuda a passar uma pegada mais transgressora. Já as botas ou outros calçados com salto, ajudam a sensualizar o look.

O estilo romântico e retrô também pode ser incorporado quando a cinta liga preta aparece junto a vestidos florais, curtos e rodados. Os oxfords são os calçados perfeitos para arrematar a composição.

Ocasiões especiais

Uma lingerie rendada com a cinta liga – peça chave do underwear sensual – e as meias ⅞ formam um visual arrasador para ocasiões especiais, como o dia dos namorados.

As noivas também podem combinar o item com espartilho, ou camisola na noite de núpcias. Se optar pelo tradicional, use branco, caso queira ousar, aposte em um visual vermelho arrasador.

A cinta liga tem mais a ver com o sentimento que temos por nós mesmas do que com influências externas, o que a torna ideal para todos os tipos de corpos: seja para uma mulher magra ou plus size.

Onde comprar

Depois de conhecer a história e de receber dicas de como usar a cinta liga, chegou a sua vez de incorporar o item aos visuais de ocasiões especiais, ou até mesmo aos rotineiros, para dar um up e lembrar a mulher poderosa que você é! Confira aqui, no Paraíso Feminino, modelos lindos, delicados e sensuais nas melhores lojas da internet.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *