Novidades Tendências

Kidcore: a tendência-nostalgia

Anos 2020 ou 2000? Saiba o que é kidcore, a quais sentimentos a estética está relacionada e quais seus principais elementos

Reprodução/Pinterest

As tendências de 20 anos atrás estão mais em alta do que nunca, nos fazendo relembrar todos os itens pertencentes à infância e adolescência da geração dos millennials. O retorno tão presente de décadas passadas tem explicação: as incertezas de um mundo pandêmico nos fazem querer buscar conforto em tempos mais estáveis e que nos tragam algum tipo de segurança, por isso a trend do kidcore é dominante. 

Reprodução/Pinterest

Além das referências retrô do aesthetic, também associamos as cores alegres e elementos lúdicos à atitude otimista e empolgante do pós-pandemia – tempos cada vez mais próximos, já que a maior parte do mundo já está sendo vacinada.

KIDCORE,TIK-TOK E GERAÇÃO Z

Reprodução/Pinterest

Combine com:

Tudo começou no ano passado, lá no Tik-Tok com o termo aesthetic, que fazia referência específica ao estilo, mas que aos poucos, foi abrindo caminhos a diversos outros tipos de estética. As unhas coloridas em tons adocicados, as presilhas nos cabelos e o smiley face estampando roupas e acessórios nos deram uma pequena prévia do que estava por vir.

Leia também: Moda coreana e atitude k-pop: o gênero musical sul-coreano que inspira roupas e comportamento em todo o globo.

E hoje, podemos dizer que o kidcore é uma estética dominante, que guia criações de estilistas e principalmente das maiores lojas de departamento do Brasil e do mundo, já que ambas miram no público-alvo da vez: a geração Z, maior adepta da trend.

UM FLERTE COM O POP E O K-POP

Reprodução/Pinterest

Combine com:

Ainda falando das origens do kidcore, podemos citar o universo k-pop e seu imensurável poder de influência como um dos responsáveis pela disseminação da tendência pelo mundo, principalmente quando o quarteto Blackpink apareceu incluindo alguns looks da marca inglesa Fluffy no videoclipe “Icecream”, com muitas peças coloridas em crochê, fazendo com que a busca pelos itens crescessem exponencialmente e esgotassem rapidamente nas lojas em que o produto estivesse disponível.

Combine com:

CARDIGAN DE CROCHÊ FEMININO MINDSET LISTRADO MANGA 3/4 DECO – R$ 87,99
SANDÁLIA MULE SALTO TRIANGLE LIZAH COURO ROSA – SCHUTZ – R$ 390,00

Dua Lipa em seu álbum “Future Nostalgia” também trouxe a estética do kidcore à tona, mas quem realmente representa fielmente a estética, seja por meio das roupas ou da música, que é intencionalmente arquitetada para nos trazer o sentimento de nostalgia, é a norte-americana Olivia Rodrigo com seus hits caracteristicamente pertencentes à geração Z, mas totalmente influenciados pelos millennials. O álbum “Sour” é uma ode aos anos 2000 – e se você quiser referências da década, assista aos videoclipes e acompanhe as imagens promocionais dos hits.

KIDCORE AESTHETIC

Reprodução/Pinterest

Combine com:

A estética animada, lúdica e cheia de cores do kidcore é bem característica e fácil de ser identificada, mas vamos falar sobre cada item da trend, principalmente as mais recentes:

ESTAMPAS

As estampas da estética kidcore são sempre lúdicas e divertidas, fazendo claras referências à infância dos anos 1990 e 2000. Personagens de desenhos animados da época como “Ursinhos carinhosos” e “Hello Kitty” aparecem em croppeds, camisas e camisetas. Outros itens fofos como corações, nuvens, estrelas, cogumelos, flores e a famosa smiley face também são incorporados ao outfit. Clássicos como as listras aparecem em cores vibrantes, fazendo referência ao arco-íris de um jeito descolado.

Combine com:

O tie-dye também virou febre dentro do kidcore, mas já atingiu seu auge e vem perdendo força com o passar do tempo – apesar de ainda existir bastante adeptos, graças às peças compradas há pouco. Porém, o amarra-e-tinge está dando vez às estampas new wave, que contemplam um tipo de xadrez similar – mas não igual – ao vichy, chamado “xadrez tabuleiro”, linhas onduladas e outros xadrezes tipo príncipe de Gales e argyle, mas fugindo da cartela de cores tradicional e indo para as tonalidades características da estética em voga, sugerindo algo suavemente gráfico e psicodélico.

Combine com:

Aliás, perceba como as tendências que se mantêm em alta evoluem, e começam a pegar outros tipos de referências, como dos anos 1970 e 1980, onde o gênero ” new wave ” teve origem.

Leia também: As principais tendências do Outono/Inverno 2021.

CORES

Reprodução/Pinterest

Combine com:

A cartela de cores adocicada continua em alta, e aparece até mesmo em peças mais formais, quebrando a austeridade de blazers, calças de alfaiataria e roupas consideradas sociais no geral. A tonalidade que merece destaque é o lilás, que junto ao amarelo claro, seu complementar, figura composições que vão desde a característica estética kidcore, lúdica e divertida, até os looks mais arrumadinhos, com blazer e elementos mais elegantes.

AVANT BASIC

Um tanto quanto paradoxal, a tendência avant basic – que faz referência ao termo francês avant-garde – fala sobre deixar o básico mais interessante com elementos statement e nada óbvios em looks mais simples, surfa na onda do kidcore, e propõe estampas inspiradas na psicodelia e no movimento hippie, mesclando influências da década de 1960, 70 e 80.

Combine com:

Dentro do kidcore, ele contempla estampas de redemoinho e o xadrez tabuleiro, ambos em cores pastel. Acessórios como o bucket hat também fazem parte da nova estética que brinca com os extremos: o minimalismo escandinavo e a explosão de cores e ousadia do lúdico e do new wave.

MODELAGENS

Você provavelmente já está familiarizada com as modelagens características da estética kidcore: suéteres, cardigans e coletes de tricô, minissaias, calças cargo, cintura baixa, wide leg, croppeds justinhos de malha, saia de pregas, jardineiras/macacões, camisetas e camisas oversized – a última, geralmente usada por baixo de blusas, usada de maneira que somente os punhos e a gola fiquem à mostra.

Combine com:

Existe um paradoxo entre roupas mais justas e curtas, tipo cropped, e outras amplas e alongadas, tipo oversized, mesclando anos 2000 com o que é dominante em 2020.

Leia também: Tendência inverno 2021: Bota de Couro Feminina.

ACESSÓRIOS

Reprodução/Pinterest

Combine com:

Itens essenciais em um look kidcore, os acessórios coroam as produções do estilo: aposte em presilhas de cabelo coloridas, com brilhos e nada básicas, brincos, colares, pulseiras e mix de aneis de plástico, em forma de florzinha, em cores pastel e mescle com outros metalizados dourados, trazendo a essência atual à tona. As miçangas também fazem parte dos itens, das mais refinadas às mais lúdicas.

Combine com:

Caso não queira aderir às presilhas nos cabelos, que tal um bucket hat estampado? Além disso, cases para celular com smiley face e outras referências lúdicas e divertidas, junto com as famosas cordinhas para celular, agora feitas com miçangas, são elementos essenciais do kidcore. Quanto às bolsas, perceba que o modelo baguette domina quando falamos em complementar looks kidcore aesthetic.

Os calçados também entram na categoria de acessórios, e esteja pronta para apostar nos tênis, tanto casuais quanto esportivos, nos sapatos exuberantes com salto plataforma, em crocs confortáveis cheios de Jibbitz (acessórios próprios para enfeitar os crocs) e nos tamancos a la “Patricinhas de Beverly Hills”.

MAKE

Reprodução/Pinterest

Combine com:

No que depender das makes kidcore no Tik-Tok, teremos um street style muito mais colorido e ousado. Embora nos anos 2000 as makes se resumissem no brilho labial em formato de morango, paleta de sombras com embalagem de sereia e – muito –  gloss nos lábios, hoje em dia elas são mais vibrantes, mesmo quando numa paleta em tons pastel. 

Combine com:

Aposte nas sombras como protagonista, junto a delineados gráficos, pretos ou coloridos e uma boca mais discreta com gloss, ou com o efeito blurred lips. Para complementar e deixar o visual mais artístico, há quem aposte em stickers, aplicações de strass e até mesmo desenhos de flores, estrelas e outros elementos característicos da estética da vez.

CABELO

Para um penteado à lá anos 2000, que tal maria-chiquinhas ou pequenos coques com parte dos cabelos soltos? Também deixe parte da franja solta e complemente com pequenas piranhas de borboleta, ou caso prefira, opte pelas madeixas completamente soltas com mechas de tererê.

Combine com:

Também pode-se complementar o penteado com uma scrunchie colorida ou com uma faixa de cabelo, além dos hairclips divertidos e coloridos.

ONDE ENCONTRAR A TENDÊNCIA KIDCORE

Se você se identificou com a tendência do kidcore, saiba que não é preciso adotar visuais tão característicos, caso seja mais discreta: o intuito das tendências é somar ao seu estilo, então aproveite cores, modelagens e outros elementos para deixar os looks mais interessantes e seu closet mais versátil. Encontre suas coisas preferidas no buscador do Paraíso Feminino. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *