Dicas de look

Manual de férias: como montar uma mala funcional

Planejamento e organização são essenciais para uma mala inteligente e versátil, além de garantirem férias incríveis e cheias de estilo

Reprodução/Pinterest

Para muitos, a época mais esperada do ano chegou: as tão desejadas férias! Nada melhor que alguns dias ou semanas para desacelerar a mente e descansar do trabalho ou dos estudos para começar um novo ciclo com muita disposição e criatividade. Férias também são sinônimo de viagem, e por um período longo ou curto, é preciso pensar nos itens que irão compor sua mala de maneira inteligente, versátil e econômica, fazendo com que as roupas, calçados e acessórios rendam bons looks, colaborando para um passeio tranquilo, proveitoso, e claro, com muito estilo.

O exagero e a falta de planejamento são recorrentes quando o assunto é fazer malas. A ansiedade ou vontade de levar coisas demais acaba atrapalhando na hora de escolher os itens que viajarão junto a você, fazendo com que quando chegue ao seu destino, sinta falta de determinadas peças ou que as composições não fiquem tão boas quanto o esperado.

Leia também: As tendências da primavera/verão 2021.

E agora, o que levar?

Reprodução/Pinterest

Combine com:

Sabemos que as malas variam de acordo com o seu estilo pessoal e o destino da viagem, que pode ser para lugares frios ou de muito calor, por um longo ou curto período, nacional ou internacional, mas existe uma “receita” para seguir que pode ser adaptada e editada para qualquer pessoa.

Para cada parte de baixo, escolha cinco partes de cima (5×1)

No dia a dia é fácil observar que as blusas, camisas e camisetas sujam com muito mais facilidade, e as calças, shorts, vestidos e macacões são lavados com menos frequência, por isso, é interessante escolher cerca de dois ou três tops que combinem com apenas um modelo de calça, shorts ou saia.

Combine com:

Considere uma blusa para cada dois dias, dependendo do período da viagem, para que a peça não seja repetida consecutivamente, e também considere sua capacidade em conservar as partes de cima limpas de acordo com com fatores como suor e utilização em lugares como restaurantes, que facilitam “acidentes” com as roupas.

Não esqueça das peças e acessórios coringa

Reprodução/Pinterest

Combine com:

Independente da maneira que usa, ou das composições elaboradas, todo mundo tem aquela camisa branca que combina com tudo, ou aquela calça jeans confortável e estilosa que dá um up em qualquer look: são peças certeiras e que com certeza serão bem aproveitadas durante a viagem. E para essa peça, seja de cima ou de baixo, não esqueça da regra do 5×1.

Escolha algo que você consiga adaptar a qualquer ocasião, ambiente ou compromisso, para caso surja um convite inesperado. Aqui vão algumas ideias:

  • Seja qual for a estação, uma terceira peça leve como um cardigan ou qualquer sobreposição de trama mais fresca, com modelagem larguinha e alongada é sempre necessária. Nos destinos frios, ela pode ser útil dentro de locais que contem com uma calefação de boa infraestrutura, evitando casacos e mais casacos, e nos locais mais quentes, pode ser que bata aquele ventinho gelado durante a noite e você sinta falta de algo para te aquecer levemente.

Combine com:

  • Calça jeans: não precisamos nem falar que uma calça jeans tem a versatilidade necessária para qualquer viagem! Com tênis, exala conforto e informalidade, com salto alto, te deixa pronta pra qualquer ocasião mais formal e elegante.
  • Os tênis são os calçados mais versáteis de qualquer mala: eles servem tanto para o frio quanto para o calor, e podem incorporar looks básicos e casuais, esportivos, ou mais elaborados e estilosos, além de proporcionar o conforto perfeito para corridas ou caminhadas para quem não perde o pique de se exercitar nem mesmo enquanto viaja.
  • Camiseta ou camisa básica: seja preta ou branca, peça mais coringa que esta não há: ela tem o poder de fazer parte de visuais básicos e despojados, e com apenas alguns acessórios e combinações espertas, torna-se elegante e sofisticada na medida certa.

Combine com:

  • Biquíni ou maiô: para a praia ou piscina são escolhas óbvias, mas vale a pena ter pelo menos um look beachwear na mala até mesmo para destinos frios, afinal, nunca se sabe quando irá encontrar uma piscina aquecida ou águas termais.
  • Look noite: convites inusitados podem ser feitos, ou até mesmo passeios não programados, e caso aconteça, é interessante ter um “pretinho básico” na mala: não precisa ser nada elaborado demais, opte por uma peça ou conjunto easy-chic, combine com uma bota ou salto alto, acessórios, e voilà, estará pronta e preparada para qualquer ocasião mais elegante.

Também existem aqueles acessórios difíceis de abrirmos mão, como uma bolsa favorita que cabe o essencial, um lenço que pode ser usado no cabelo ou como cinto, e aquele item statement que pode ser um brinco, colar ou pulseira que tem o poder de repaginar qualquer visual.

4 partes de baixo são suficientes (considerando viagens curtas, ou longas que contarão com a lavagem das roupas)

Reprodução/Pinterest

Combine com:

Escolha as peças de acordo com sua personalidade, e não esqueça de ornar com o clima do local que está indo. Independente do estilo, opte pelas calças, shorts ou saias em cor escura, a fim de não sujarem com facilidade e durarem mais tempo.

Os vestidos e macacões também contam como parte de baixo, escolha apenas um modelo de cada e pense em maneiras diferentes de usá-los: combine acessórios e calçados que proporcionarão novo fôlego às peças.

Opte por partes de cima que combinem com as de baixo

Como já foi dito, a regrinha do 5×1 funciona super bem. Optando por esse método, a versatilidade da sua mala é garantida. Não esqueça de, sempre que possível, optar por peças que não amassem com facilidade. E caso seja essencial levar algum item que seja de algodão, seda ou linho, vale tentar o improviso com o secador de cabelo, que esquenta as fibras naturais, reduzindo o aspecto amassado. Outra dica é usar as roupas de banho de diversas maneiras, o maio pode virar um body e o biquíni um lindo cropped.

Combine com:

Também é interessante já pensar nas composições: planeje os looks combinando as peças entre si e explorando toda sua versatilidade, além de pensar em visuais mais despojados para o dia a dia e passeios que pedem por conforto, e looks mais elaborados em possíveis ocasiões que merecem certa dose de elegância.

As bolsas são essenciais

Dois modelos são suficientes: uma maior e casual, que você geralmente usa no dia a dia e uma menor e mais elegante, que sirva para passeios noturnos e que levem somente o essencial.

Combine com:

Quais calçados levar?

Reprodução/Pinterest

Combine com:

A estação do local de viagem é muito importante para definir quais calçados serão úteis, afinal, qual seria a utilidade de botas de cano alto no verão e na praia, não é mesmo? Parece um pensamento óbvio, mas na hora de arrumar a mala, a ansiedade e falta de planejamento nos faz escolher itens não muito inteligentes. Cerca de três calçados são suficientes para proporcionar versatilidade aos visuais.

  • Para locais com clima quente, opte por calçados confortáveis e de acordo com seu estilo, uma boa dica são as rasteirinhas, sandálias de salto plataforma ou anabela com acabamentos rústicos e naturais, e claro, um tênis, caso decida correr na orla da praia ou até mesmo fazer passeios mais descolados.

Combine com:

  • Já para ambientes frios, uma bota de cano alto ou médio é essencial, além do tênis, para looks mais informais e despojados. Se você for frequentar lugares elegantes ou se os saltos são itens essenciais no seu estilo, opte por calçados fechados com salto grosso para ambientes que pedem por mais conforto, ou com salto fino, quando a sofisticação for obrigatória.

Não esqueça do chinelo! Em ambos os climas ele é essencial para os momentos de descanso no hotel – e ele não entra na contagem dos três calçados – além de ser leve e ocupar pouco espaço dentro da mala.

Acessórios

Reprodução/Pinterest

Combine com:

Tão essenciais quanto as roupas e os calçados são os acessórios dentro de uma mala inteligente! São eles que ajudam a explorar ao máximo a versatilidade das roupas, as transformando dentro de visuais básicos em looks elaborados e cheios de estilo.

Não esqueça dos seus brincos, pulseiras, colares e anéis preferidos e que mais impactam os visuais. Os lenços também valem entrar na mala e serem usados de maneiras diferentes, desde como acessório de cabelo até como cinto ou até mesmo canga. Relógios e óculos de sol são sempre essenciais!

Combine com:

No inverno, o kit composto por luvas, cachecol, protetor de orelhas, gorro, guarda chuva e capa de chuva são mais que necessários. Precisamos lembrar que na neve é indispensável o uso do óculos escuro, hidratante labial e protetor solar?

Leia também: As tendências de calçados e acessórios que vão reinar na moda verão 2021.

Pijamas, roupa íntima, meias e segunda pele

Reprodução/Pinterest

Combine com:

Se você não tem costume de planejar a mala, muito provavelmente já deve ter esquecido algum desses itens durante alguma viagem. Para permanência de uma semana, um pijama ou camisola é suficiente, já se a duração da viagem for mais que isso, duas roupas de dormir são necessárias.

Leve três calcinhas para cada sutiã, e calcule a quantidade de dias para que as lingeries não faltem ou excedam o necessário, afinal, cada lugar da mala importa, ainda mais se sua viagem for de avião.

Combine com:

Faça o mesmo cálculo para as meias a serem usadas com botas ou tênis, uma por dia é o suficiente – mas vale levar dois pares extras no caso de tomar chuva ou algo do tipo. As meias finas para lugares com temperaturas amenas são essenciais, tanto para serem usadas por baixo de calças quanto para esquentarem looks com saias ou vestidos.

Assim como a meia-calça, a segunda pele é um item importante de ser lembrado quando o destino da viagem é mais frio: ela faz toda a diferença na hora de aquecer e pode até poupar algumas camadas de casacos pesados.

Dicas extras para o verão

Reprodução/Pinterest

Combine com:

  • Uma camisa alongada ou um quimono podem ser usados tanto em looks do dia a dia com shorts e saias, como vestido, com cintos ou lenços amarrados na cintura e como saídas de praia super elegantes;
  • O maiô pode virar um body e o top do biquíni um cropped;
  • Para biquínis com calcinha hot pants de cintura alta, a peça pode ser sobreposta com uma saia transparente e incorporar um visual praiano super contemporâneo;

Combine com:

  • Um lenço grande pode ser usado como acessório de cabelo, canga, cinto ou sobreposição. Use a criatividade e conquiste visuais autênticos e estilosos!
  • Um vestido levinho pode ser usado como saída de praia, para o passeio de dia ou para o barzinho à noite: tudo isso em uma única peça, apenas mudando os acessórios e calçados combinados;
  • A bolsa de palha que carrega a canga, óculos de sol, e protetor solar também pode adquirir características mais casuais e urbanas, amarrando um lenço ou incorporando o item em visuais com calça jeans ou peças mais pesadas e dramáticas: imagine os modelos maiores fazendo parte do aerolook e poupando o espaço de outra bolsa;

Combine com:

  • A rasteirinha casual pode fazer a vez do chinelo na praia e te proporcionar um visual praiano muito mais interessante, reduzindo dois calçados em apenas um.

Use a criatividade a seu favor e conquiste visuais estilosos de maneira fácil e deixando a mala apenas com o essencial.

Leia também: Biquíni 2021 tendência: os modelos certeiros de moda praia para apostar neste verão.

Dicas extras para o inverno

Reprodução/Pinterest

Combine com:

  • As sobreposições são essenciais: para lugares muito frios, aposte em levar dois modelos de casacos, jaquetas, sobretudo ou corta vento;
  • Blusas, calças, meias e luvas térmicas são essenciais para a neve e temperaturas negativas;
  • Protetor solar, hidratante labial, facial  e corporal, além do óculos de sol são essenciais em viagens a locais de baixa temperatura;

Combine com:

  • Peças impermeáveis como calças ou casacos fazem a vez da capa de chuva de maneira muito mais eficiente, pesquise sobre seu destino e verifique se o investimento é necessário;
  • Blusa ou calça de moletom: não precisa ser necessariamente para sair, mas os conjuntos de moletom garante conforto e aquecimento até mesmo durante as horas de descanso no hotel.

Outras ideias que podem facilitar a organização da sua mala

Reprodução/Pinterest

Combine com:

Antes de tudo, você pode escolher uma paleta de cores para as suas roupas e partir desse princípio, que aumenta as possibilidades de combinações e facilita a escolha de calçados e acessórios.

Outra dica interessante é tirar foto dos looks com antecedência para escolhas ainda mais certeiras! Dá um pouco de trabalho, mas garantimos: vale muito a pena e você viaja com ainda mais tranquilidade sabendo que as produções já estarão todas prontas.

Boa viagem!

Planejando tudo e organizando a mala com antecedência, você garante uma viagem muito mais tranquila e proveitosa. Faça o checklist, e independente da data das suas férias, sempre confira nosso guia para não esquecer nada! E caso falte algum item essencial, desde roupas, calçados e acessórios até as malas, não deixe de conferir no buscador do Paraíso Feminino e comparar preços, modelos e marcas. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *