Tendências

Power Dressing

Conheça o estilo emponderador e inspire-se agora mesmo!

O visual refinado que surgiu na década de 70 e se consolidou nos anos 80, além de contribuir na emancipação da mulher no mercado de trabalho, trouxe elementos ousados e marcantes que ditaram tendência por várias temporadas. Atualizado e reinventado, o Power Dressing ressurge em um cenário cheio de atitude e une forças com o movimento que faz da mulher a protagonista da sua própria história.

ORIGEM

Com o acesso das mulheres no ambiente corporativo, as roupas usadas para o trabalho precisaram se adaptar. Um visual polido, formal e que expressasse o potencial feminino era mais que necessário.

Surgiu então, nos Estados Unidos e na Inglaterra, o Power Dressing, um estilo inovador que equiparou os gêneros dentro e fora dos escritórios. A imponência dos terninhos, ombros extremamente marcados, saias de comprimento midi, calças de corte reto e acessórios impactantes foram peças-chave que auxiliaram às mulheres a mostrar sua competência em um momento emblemático na história. 

Diversos movimentos influenciaram e contribuíram para que o Power Dressing se tornasse ferramenta política dentro da moda e que eternizou a frase “We Can Do it!”.

O ESTILO ATUALIZADO

A cena política atual invadiu as passarelas, dominou o street style e fez da moda vitrine para expressão de diversos movimentos. As produções carregam mensagens e ideais de quem as veste. Com isso, os elementos emblemáticos do Power Dressing retornam com a missão de promover mais poder para a mulher moderna. 

Atualizado e renovado, as peculiaridades estão mais sutis: ombreiras discretas, terninhos mais acinturados e cintos que valorizam a silhueta. Os conjuntinhos também têm papel de destaque, e depois de anos em desuso aparecem em versões oversize e com um toque comfy.

CORES, ESTAMPAS E ACESSÓRIOS

Cores e estampas dão o tom das produções atuais. As nuances de marrom e cinza aparecem em composés sóbrios, discretos e ganham um toque cool com cintos largos e tênis nos pés. Já os looks divertidos e criativos aparecem em terninhos vibrantes – vermelho, mostarda, e ultra violet são as preferidas da vez. 

Quando falamos em estampas, o xadrez reina! Opções em xadrez, como o print Príncipe de Gales e o Tartan, trazem personalidade aos conjuntos de alfaiataria. 

Acessórios icônicos também compõe o time que arrematam as produções. Bolsas estruturadas e quadradas transmitem seriedade garantindo praticidade no rotina diária. O sapato scarpin, febre dos anos 80, incorpora revestimentos em vinil, veludo, e detalhes luxuosos como fivelas douradas. 

Salto grosso em bloco aparece em botas, mocassins e oxfords, que são o hype do momento e remetem à atitude dos visuais 80″s.

COMO USAR

O Power dressing rompeu as barreiras do escritório e alcançou as ruas. Da pista de dança ao look o dia, o mix de estilos se tornou novamente uma febre. Peças como o tailleur ganha um refresh ousado ao ser usado aberto sobre um top de renda. Body rendado ganha passe livre no look noturno e pode ser combinado com calça alfaiataria ou com a sensual saia de vinil

Outra combinação impactante para inserir o blazer em um novo contexto é apostar na peça com calça boyfriend ou mom jeans, que traz a essência urbana. 

Saias, shorts e tops também contemplam características expressivas, como por exemplo os prints axadrezados. A dupla da vez é entre o blazer e a minissaia e podem ser combinadas com meia calça e bota colorida, atualizando o perfil da mulher moderna. Calça pantalona também incorporam estampas e junto à croppeds e bodys metalizados vão do happy hour à balada com os amigos no fim de semana. 

Quer algo divertido e alto astral? Se jogue no mix de cores e estampas! O blazer colorido é coringa e quebra a austeridade do look. Camisas listradas, calças e calçados auxiliam na composição impecável que traz alegria e charme para o dia a dia.

ÍCONES

Figuras emblemáticas servem de inspirações na hora de montar looks impecáveis e com perfume oitentista. Margaret Thatcher e Lady Diana são ícones de poder e de outfits requintados e cheios de classe. Ternos com ombreiras, saia midi e jóias clássicas simbolizam toda a tradição Britânica. Anna Wintour, a poderosa da Vogue americana representa o visual empoderado. O tailleur estampado, colorido e com acessórios pra lá de fashionistas se tornou marca registrada da editora chefe. 

Marina Ruy Barbosa e Thaís Araújo são exemplos de empreendedoras de sucesso, que mostram força e competência no que fazem. Outra referência neste assunto é Anitta, figura pop nacional e internacional que vira e mexe faz uso de conjuntos de terninhos em eventos e programas de tv. Sempre acrescentando um um toque sexy, que é sua marca registrada. Mire certo nessas referências e arrase no look sem derrapar na trend poderosa e feminina da temporada. Deixe também sua atitude, confiança e determinação ser transmitida através de suas roupas!

Em colaboração com Lucas MachadoJúlia Pereira e Rebeca Chaves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *