sapatos femininos tamanhos especiais

Calçados em numeração especial para você aliar beleza à estilo. Confira os modelos para festa e também os casuais.

2 produtos
Scarpin Violanta Casual Vinho Violanta
  ...  

Ficha técnica. Cabedal: Verniz Cor: Vinho Altura do salto: 6 cm Estilos: Casual Artigo: Ecologico Verniz Solado: Borracha Forração: P.U Marca: Violanta Mais informações O salto sempre foi um grande aliado das mulheres na hora de deixar qualquer produção mais elegante e elaborada. O scarpin é um modelo tradicional que além da elegância decorrente do próprio salto, traz as produções delicadeza e um toque clássico, combinando com diversos tipos de looks e estilos diferentes. Além da versatilidade, o modelo deixa a parte superior dos pés a mostra, o que ajuda a criar a sensação de alongada, e trata-se de um sapato fechado (em sua modelagem clássica) que pode ser usado tanto no inverno, quanto no verão. Para mulheres que trabalham fora o dia inteiro, a dica é ficar atenta ao tamanho do salto. O conforto deve ser priorizado na hora de escolher seu scarpin ou qualquer outro sapato (o recomendado para o uso no trabalho seria o scarpin com salto de 6 cm). Sem dúvidas, a variedade de texturas, aplicações e materiais disponível no mercado faz com que o modelo seja constantemente renovado, aumentando sua popularização. Para as mulheres mais discretas, vale a pena apostar no scarpins tradicionais, em cores neutras. Para as mais ousadas, uma boa alternativa é investir nas cores mais vibrantes e nas aplicações. Vale lembrar que, apesar de ser fácil encontrar scarpins mais trabalhados , o modelo não perde sua capacidade de deixar qualquer look mais refinado e por isso pode ser combinado com diferentes peças e ocasiões. Scarpin em looks casuais: No dia a dia, adicionar um salto à produção deixa o look básico com um ar mais feminino e elaborado, ainda mais quando se trata de um salto clássico como o scarpin. A postura muda e também sua atitude. No entanto, em looks mais casuais a dica é não abusar na altura do salto. Scarpin uso noturno: Por ser um sapato bastante tradicional, o scarpin também vai bem em ocasiões mais especiais, como casamento e formaturas. Além de valorizarem qualquer produção para a noite. Em vestidos curtos, mini ou midi, todos funcionam super bem com sapatos tipo scarpin. A variação acontece de acordo com o comprimento e, principalmente, com o modelo do vestido. A grande gama de modelos permite que o visual de adapte em diferentes tipos de situações. Bandage, Rodado, Midi, não importa. Pernas à mostra e scarpin são sempre uma boa combinação. Com relação à vestidos longos, a escolha do sapato deve seguir o estilo do vestido, ou seja, no caso de um vestido mais clássico, o scarpin é perfeito mas aqui o ideal é um sapato mais delicado, como em cetim por exemplo. Não recomendo scarpins de camurça para formaturas ou casamentos, por exemplo para que o sapato apareça, é possível investir em vestidos com fendas ou transparência no parte de baixo. Uma outra opção é apostar no longuetes que vão até os tornozelos e também deixam o sapato visível. Scarpin combinação com Jeans: A combinação salto jeans é uma boa opção para o dia a dia, já que o ar descontraído da calça é equilibrado com elegância do salto, e vice-e-versa. Para produções mais básicas, o jeans skinny com a barra dobradinha é uma ótima alternativa. O look fica feminino e o scarpin visível. Para adicionar um toque mais formal à roupa, o blazer é uma boa pedida. Já para um look mais despojado, vale apostar em calças com lavagens diferentes, ou até mesmo nos jeans rasgados. Scarpin com saia: Por ser uma peça bastante feminina, a saia e o scarpin, juntos, constroem produções mais delicadas. O modelo e o comprimento da saia vai definir o tipo de visual. As saias mais curtas, normalmente estão presentes em visuais mais informais, apesar do uso do salto. Nesse caso, mais uma vez, é preciso se atentar ao tamanho do salto. Sugiro evitar saltos altíssimo, pois esta é uma combinação perigosa. , aconselha a consultora. Uma alternativa para evitar essa preocupação, é apostar nas saias midi, que são bem femininas e elegantes, ou em saia com comprimento próximo ao joelho. Para combinar o scarpin com a saia lápis, e ao mesmo tempo, unir estilo e formalidade é possível escolher saias estampas ou com um toque de cor. No entanto é preciso cuidado ao escolher as cores e estampas, se tratando de uma ocasião que pede discrição. Em alguns casos é melhor investir na saia preta básica para não errar e deixar a modernidade do look por conta dos acessórios. Scarpin como usar no inverno: Sobre o uso do scarpin no inverno as mulheres costumam ter dúvidas com relação à este tipo de sapato, como por exemplo se devem ou não usá-lo com meia. A principal dica é, caso opte pelo scarpin com saia e meia-calça, prefira sempre a meia da mesma cor do sapato, de preferência apenas preto ou café. Caso decida usar o scarpin com calça, o ideal mesmo é deixar a meia de lado. Dicas para escolher seu Scarpin: 1. Para acertar sempre: Para não errar na escolha, opte por cores mais neutras e clássicas como o preto e o nude, assim você terá um sapato elegante e pronto para ser usado em qualquer ocasião, desde o trabalho até uma festa mais informal. 2. Para reavivar o look: Invista em scarpins mais trabalhados, que contenham estampas, aplicações ou transparências. Uma outra opção é apostar em um liso e colorido. 3. Pense no conforto: Usar salto diariamente além de ser prejudicial a saúde, e não é tarefa para qualquer um. Por esse motivo, consultores (as) afirmam que a altura e espessura do salto podem fazer enorme diferença. Para as que não estão tão habituadas a usar salto, esse é um fator importante na hora de escolher o scarpin. O aconselhado para quem nunca usou seria um salto de 6 cm, para os usuários experientes o indicado é 9 cm. 4. Para ficar alongada: O scarpin nude cria a sensação de pernas alongadas e por isso pode ser uma boa opção para as mulheres mais baixas. A dica é procurar um tom que se aproxima do tom da sua pele.
Scarpin Violanta Casual Preto Violanta
  ...  

Ficha técnica Cabedal: Verniz Cor: Preto Altura do salto: 6 cm Estilos: Casual Artigo: Ecologico Verniz Solado: Borracha Forração: P.U Marca: Violanta Mais informações O salto sempre foi um grande aliado das mulheres na hora de deixar qualquer produção mais elegante e elaborada. O scarpin é um modelo tradicional que além da elegância decorrente do próprio salto, traz as produções delicadeza e um toque clássico, combinando com diversos tipos de looks e estilos diferentes. Além da versatilidade, o modelo deixa a parte superior dos pés a mostra, o que ajuda a criar a sensação de alongada, e trata-se de um sapato fechado (em sua modelagem clássica) que pode ser usado tanto no inverno, quanto no verão. Para mulheres que trabalham fora o dia inteiro, a dica é ficar atenta ao tamanho do salto. O conforto deve ser priorizado na hora de escolher seu scarpin ou qualquer outro sapato (o recomendado para o uso no trabalho seria o scarpin com salto de 6 cm). Sem dúvidas, a variedade de texturas, aplicações e materiais disponível no mercado faz com que o modelo seja constantemente renovado, aumentando sua popularização. Para as mulheres mais discretas, vale a pena apostar no scarpins tradicionais, em cores neutras. Para as mais ousadas, uma boa alternativa é investir nas cores mais vibrantes e nas aplicações. Vale lembrar que, apesar de ser fácil encontrar scarpins mais trabalhados , o modelo não perde sua capacidade de deixar qualquer look mais refinado e por isso pode ser combinado com diferentes peças e ocasiões. Scarpin em looks casuais: No dia a dia, adicionar um salto à produção deixa o look básico com um ar mais feminino e elaborado, ainda mais quando se trata de um salto clássico como o scarpin. A postura muda e também sua atitude. No entanto, em looks mais casuais a dica é não abusar na altura do salto. Scarpin uso noturno: Por ser um sapato bastante tradicional, o scarpin também vai bem em ocasiões mais especiais, como casamento e formaturas. Além de valorizarem qualquer produção para a noite. Em vestidos curtos, mini ou midi, todos funcionam super bem com sapatos tipo scarpin. A variação acontece de acordo com o comprimento e, principalmente, com o modelo do vestido. A grande gama de modelos permite que o visual de adapte em diferentes tipos de situações. Bandage, Rodado, Midi, não importa. Pernas à mostra e scarpin são sempre uma boa combinação. Com relação à vestidos longos, a escolha do sapato deve seguir o estilo do vestido, ou seja, no caso de um vestido mais clássico, o scarpin é perfeito mas aqui o ideal é um sapato mais delicado, como em cetim por exemplo. Não recomendo scarpins de camurça para formaturas ou casamentos, por exemplo para que o sapato apareça, é possível investir em vestidos com fendas ou transparência no parte de baixo. Uma outra opção é apostar no longuetes que vão até os tornozelos e também deixam o sapato visível. Scarpin combinação com Jeans: A combinação salto jeans é uma boa opção para o dia a dia, já que o ar descontraído da calça é equilibrado com elegância do salto, e vice-e-versa. Para produções mais básicas, o jeans skinny com a barra dobradinha é uma ótima alternativa. O look fica feminino e o scarpin visível. Para adicionar um toque mais formal à roupa, o blazer é uma boa pedida. Já para um look mais despojado, vale apostar em calças com lavagens diferentes, ou até mesmo nos jeans rasgados. Scarpin com saia: Por ser uma peça bastante feminina, a saia e o scarpin, juntos, constroem produções mais delicadas. O modelo e o comprimento da saia vai definir o tipo de visual. As saias mais curtas, normalmente estão presentes em visuais mais informais, apesar do uso do salto. Nesse caso, mais uma vez, é preciso se atentar ao tamanho do salto. Sugiro evitar saltos altíssimo, pois esta é uma combinação perigosa. , aconselha a consultora. Uma alternativa para evitar essa preocupação, é apostar nas saias midi, que são bem femininas e elegantes, ou em saia com comprimento próximo ao joelho. Para combinar o scarpin com a saia lápis, e ao mesmo tempo, unir estilo e formalidade é possível escolher saias estampas ou com um toque de cor. No entanto é preciso cuidado ao escolher as cores e estampas, se tratando de uma ocasião que pede discrição. Em alguns casos é melhor investir na saia preta básica para não errar e deixar a modernidade do look por conta dos acessórios. Scarpin como usar no inverno: Sobre o uso do scarpin no inverno as mulheres costumam ter dúvidas com relação à este tipo de sapato, como por exemplo se devem ou não usá-lo com meia. A principal dica é, caso opte pelo scarpin com saia e meia-calça, prefira sempre a meia da mesma cor do sapato, de preferência apenas preto ou café. Caso decida usar o scarpin com calça, o ideal mesmo é deixar a meia de lado. Dicas para escolher seu Scarpin: 1. Para acertar sempre: Para não errar na escolha, opte por cores mais neutras e clássicas como o preto e o nude, assim você terá um sapato elegante e pronto para ser usado em qualquer ocasião, desde o trabalho até uma festa mais informal. 2. Para reavivar o look: Invista em scarpins mais trabalhados, que contenham estampas, aplicações ou transparências. Uma outra opção é apostar em um liso e colorido. 3. Pense no conforto: Usar salto diariamente além de ser prejudicial a saúde, e não é tarefa para qualquer um. Por esse motivo, consultores (as) afirmam que a altura e espessura do salto podem fazer enorme diferença. Para as que não estão tão habituadas a usar salto, esse é um fator importante na hora de escolher o scarpin. O aconselhado para quem nunca usou seria um salto de 6 cm, para os usuários experientes o indicado é 9 cm. 4. Para ficar alongada: O scarpin nude cria a sensação de pernas alongadas e por isso pode ser uma boa opção para as mulheres mais baixas. A dica é procurar um tom que se aproxima do tom da sua pele.

Calçados em numeração especial para você aliar beleza à estilo. Confira os modelos para festa e também os casuais.